RECICLAGEM DE BIORESÍDUOS E BIOSSÓLIDOS POR DIGESTÃO ANAERÓBIA

(Biodigestão)

A digestão anaeróbia ou biodigestão, é um processo de fermentação semelhante à compostagem, mas totalmente anaeróbio (sem presença de oxigénio), para a reciclagem de resíduos orgânicos de origem alimentar e de biossólidos, que obtém como subprodutos um biogás e um biofertilizante, que podem ser aproveitados em prol da economia circular.

A biodigestão é um sistema que digere os resíduos orgânicos, sendo um processo 100% natural, realizado por microrganismos, que gera um biocombustível, (composto basicamente por dois gases de efeito estufa, metano (CH4) e dióxido de carbono (CO²), uma fonte de energia renovável designada por biogás e um resíduo líquido rico em minerais, que pode ser utilizado como biofertilizante e/ou bioinseticida.

Os equipamentos de biodigestão ou biodigestores, estão disponíveis para praticamente todos os setores, desde os domésticos, passando pelos comerciais e terminando nos médios e grandes sistemas para municípios, indústrias, pecuárias, (criação de gado e outros animais), etc., que podem processar grandes quantidades de resíduos e gerar grandes volumes de biogás, suscetível de ser transformado em energia elétrica, por meio de geradores específicos, que pode ser utilizada em benefício próprio ou injetada na rede elétrica nacional.