Geração de Energia através de Biogás

(Resíduos Orgânicos)

O biogás é o gás produzido a partir da decomposição da matéria orgânica por bactérias, em que o processo biológico referente á formação do biogás envolve quatro etapas. Na geração de energia do biogás, ocorre a conversão da energia química do gás em energia mecânica, através de um processo controlado de combustão. Essa energia mecânica ativa um gerador que produz energia elétrica.

Os biodigestores ou reatores anaeróbios, são como uma fábrica de biogás, destinados ao tratamento de resíduos semissólidos, como o estrume de animais, lixo doméstico e lodos provenientes do tratamento de efluentes. As áreas rurais apresentam também um grande potencial a ser explorado, visto que, nele podem ser implantadas diversas tecnologias limpas. As pecuárias em geral, mas designadamente as suiniculturas, são o tipo de explorações perfeitas para a instalação de biodigestores, podendo tornar-se autossuficientes energeticamente.

Outras vantagens na utilização de biodigestores são as seguintes;

  1. a) evitam a poluição do meio ambiente com os dejetos orgânicos, sobretudo das águas, que por tradição são o seu principal destino, mas também do solo,
  2. b) combate o aquecimento global, pela queima do gás metano, 24 vezes mais poluente que o CO2 resultante da sua queima,
  3. c) reduz significativamente o espaço utilizado para o tratamento dos dejetos animais, em relação a outro método ultrapassado, as lagoas de decantação,
  4. d) elimina os maus odores causados pelos dejetos dos animais,
  5. e) reduz significativamente o número de moscas e mosquitos.