Tratamento e Reciclagem de Águas

A água é um recurso natural limitado sem o qual a sobrevivência do ser humano, dos animais e das plantas é impossível. As alterações climáticas e a má gestão dos recursos hídricos estão sobretudo a diminuir o fluxo dos rios e a condicionar a disponibilidade de água potável.

O problema da escassez da água, que afeta a toda a população do nosso planeta, tem gerado e continuará a gerar um aumento da procura, provocando uma severa diminuição deste recurso fundamental e essencial para a vida. Uma das opções para responder a este problema e evitar o gasto excessivo deste tão valioso recurso, é reciclá-la e reutilizá-la em por exemplo, ações de rega e lavagens.

Existem vários métodos de reciclagem de água doméstica que podem ser usados:

Reciclagem de águas cinzas: águas provenientes de processos domésticos de lavagem de louças e roupa, banhos, pias, etc.

Coleta de águas pluviais: águas provindas das chuvas

Tratamento de águas negras: águas com origem nos esgotos e que possuem matéria fecal e urina

A água tratada não é diretamente potável, mas pode ser aplicada para utilizações onde a água potável não é necessária, minimizando a dependência da água de consumo que deveria servir apenas para beber, cozinhar, lavar roupa e louça e tomar banho. Todas as outras aplicações podem tirar partido da água reciclada.

Reciclagem de Água para Reutilização
O problema da escassez da água, que afeta a toda a população do nosso planeta, tem gerado e continuará a gerar um aumento da procura, provocando uma severa diminuição deste recurso fundamental e essencial para a vida. Uma das opções para responder a este problema e evitar o gasto excessivo deste tão valioso recurso, é reciclá-la e reutilizá-la em por exemplo, ações de rega e lavagens. A reutilização da água é uma excelente opção para todos. Além da água da chuva, também é possível reaproveitar as águas cinzas (águas residuais provenientes de processos domésticos, de lavagem de louças e roupa, banhos, pias, etc., que representam praticamente 75% dos esgotos residenciais).
Consulte-nos
Reaproveitamento de Águas Cinzas​
As águas cinzas são geradas a partir de processos domésticos como da lavagem de louça e roupa e dos duches e correspondem a entre 50 a 80% do volume de esgoto produzido nas residências. O reaproveitamento de águas cinzas acarreta benefícios ambientais e financeiros, pois substitui volumes de água potável onde esta não é essencialmente necessária. Porém é fundamental que as águas cinzas atendam aos requisitos básicos de qualidade, porque, quando estão fora dos padrões desejados, as águas tratadas podem causar problemas de odor e de saúde pública, comprometendo todo um conceito de reutilização.
Consulte-nos
Reaproveitamento da Água de Lavagem de Carros
Este sistema recupera cerca de 95% da água e consiste num acondicionamento preliminar da água bruta, que remove os sedimentos mais pesados e o óleo não emulsionado. Seguidamente a água sofre um tratamento físico-químico que remove sólidos dissolvidos que são filtrados e removidos e finalmente passa por um processo que garante a desinfeção necessária, resultando numa água filtrada, pronta a ser reutilizada. A lavagem de carros tem um elevado consumo de água, aproximadamente 120 litros em média por veículo ligeiro e 350 litros por veículo pesado.
Consulte-nos
Previous
Next

Reaproveitamento de Águas Cinzas

As águas cinzas são geradas a partir de processos domésticos como da lavagem de louça e roupa e dos duches e correspondem a entre 50 a 80% do volume de esgoto produzido nas residências. O reaproveitamento de águas cinzas acarreta benefícios ambientais e financeiros, pois substitui volumes de água potável onde esta não é essencialmente necessária. Porém é fundamental que as águas cinzas atendam aos requisitos básicos de qualidade, porque, quando estão fora dos padrões desejados, as águas tratadas podem causar problemas de odor e de saúde pública, comprometendo todo um conceito de reutilização.

Sistema-TAC_web

Reaproveitamento da Água de Lavagem de Carros

Este sistema recupera cerca de 95% da água e consiste num acondicionamento preliminar da água bruta, que remove os sedimentos mais pesados e o óleo não emulsionado. Seguidamente a água sofre um tratamento físico-químico que remove sólidos dissolvidos que são filtrados e removidos e finalmente passa por um processo que garante a desinfeção necessária, resultando numa água filtrada, pronta a ser reutilizada. A lavagem de carros tem um elevado consumo de água, aproximadamente 120 litros em média por veículo ligeiro e 350 litros por veículo pesado.

Foto 204